Imagem capa - O QUE É HERO PHOTO? por Bravo! Fotografia
HospitalityHotelaria

O QUE É HERO PHOTO?

Os clientes nunca tiveram tanto poder na palma da mão como agora (literalmente) e isso está impulsionando mudanças rápidas em todos os segmentos. Não é diferente na indústria de Hospitality, que apesar de ser um segmento tradicional, vem se adaptando a essa nova realidade.


Hoje é raro um hóspede fazer reservas de hotel por telefone ou mesmo pelo site do hotel. A maioria consulta diretamente as OTAs (online travel agencies) que apresentam, de modo rápido, várias opções de hospedagem com fotos, avaliações de usuários, detalhamentos das instalações e localização, além de comparativo de preços. Tudo no mesmo lugar.


Já sabemos que 60% da decisão de compra dos clientes vem das fotografias dos produtos que são apresentadas, por isso elas devem ser prioridade para os gestores, garantindo uma presença marcante nas ferramentas online. Sabemos também que existe uma tendência forte para o “Turismo de Experiência” e o desafio de gestores e fotógrafos deve ser justamente transmitir uma experiência de valor através de suas imagens.


Uma boa estratégia para conseguir um portfólio de fotografias que trará resultados é pensar pela perspectiva dos clientes. O que eles procuram? Com o que eles se divertem? O que eles reconhecem como valor? Quais suas necessidades e vontades? Com isso compreendido de forma clara, publique aquelas imagens que melhor expressam esses momentos, expectativas e sentimentos. É interessante também ter em mente que as pessoas gostam de se divertir online com experiências de terceiros (aliás esse é o motivo do tamanho sucesso das redes sociais).


Ter em seu portfólio um conjunto de fotografias criativas e profissionais é mais valioso que qualquer outra estratégia de marketing que o hotel possa adotar, pois, além de ser o primeiro contato de alguém com o estabelecimento, são universalmente compreendidas. Aproveite, não tenha medo de se expor, um bom projeto fotográfico realmente faz a diferença. Lembre-se que boas fotos destacam o que o Hotel tem de melhor.


Como contratar um fotógrafo para Hospitality

O tipo de fotógrafo que você precisa vai variar de acordo com o posicionamento da marca de seu estabelecimento. Na maioria dos casos não é recomendado contratar um fotógrafo especializado em “estilo de vida”, pois o uso de modelos lindíssimos, maquiadores e estilistas pode ser um “tiro pela culatra”, por vários motivos. Em primeiro lugar, as fotos podem parecer "boas demais" e criará expectativas muito altas nos hóspedes; outro aspecto seria a falta de identificação dos potenciais hóspedes com as pessoas fotografadas, já que a maioria das pessoas não se encaixam nos padrões de beleza apresentados pela mídia. É sempre bom lembrar que turismo e moda são mercados diferentes.


Em vez disso, é recomendado contratar um fotógrafo especializado em arquitetura e design de interiores, já que eles geralmente são mais habilidosos e experientes em obter bons resultados da luz natural para ambientes e extrair de cada espaço a melhor atmosfera possível. O equipamento utilizado também é mais apropriado, já que usam lentes e técnicas mais adequadas para esse tipo de fotografia, garantindo melhor exposição e nivelação do ambiente.


Evite fotógrafos especializados em fotos de casamentos ou retratos. Normalmente são capazes de fazer boas fotos, mas não costumam ter o equipamento, a experiência e a paixão necessários para retratar espaços arquitetônicos e gastronomia (outro importante item da fotografia de hospitality).


Outro ponto importante: anos atrás a fotografia HDR tornou-se muito popular na hotelaria, seguindo um estilo de imagem que surgiu e se popularizou primeiro no setor imobiliário, que requeria fotos mais vibrantes e atraentes em seus catálogos, para chamar atenção do público sobre as propriedades para comercialização.


Porém, com fotografia de hotelaria, é necessário tomar um certo cuidado no uso de processos de pós-produção, pois não é recomendável um resultado muito extremo. Utilizar cores muito saturadas, por exemplo (em particular nas fotografias dos quartos), podem produzir uma imagem irreal, que não reflita a realidade, o que pode desapontar os hóspedes ou prejudicar a imagem de leveza, relaxamento e limpeza que muitos hóspedes esperam encontrar em um hotel.

Principalmente na Europa, muitas redes de hotelaria já se deram conta desse aspecto da produção de material fotográfico e a linguagem está muito mais em sintonia com o viajante do século XXI.

No entanto, a fotografia HDR segue muito útil, se for feita com cuidado e sem saturação, pois a técnica permite combinar fotos com a correta exposição de luz tanto nos ambientes externos quanto internos.


Hero Photo ou "A" Foto. 

À sugestão de não exagerar na fotografia dos quartos e das instalações em geral tem uma exceção. Fazer uma foto que chamaremos de “A Foto” (que lá fora é conhecida como Hero Photo), ou seja, aquela que será mostrada como capa nas ferramentas online. Ela normalmente tem por tema o exterior do hotel (se o estabelecimento não tiver um exterior digno de nota, pode ser do lobby ou até mesmo o interior do melhor quarto) e deve ser tirada no nascer ou no pôr-do-sol (a chamada golden hour) e nela devemos utilizar todos os truques possíveis (HDR, luzes externas, Photoshop, etc.).


Esse tipo de foto é predominante no setor de arquitetura, mas funciona muito bem também para hotéis. O resultado não é apenas uma foto acolhedora que diz “venha e fique aqui esta noite”, mas as exposições mais longas na fotografia ao entardecer tendem a destacar os melhores pontos e aproveitar a luz natural fantástica do entardecer para valorizar a arquitetura do local.


Lembre-se, em um oceano de concorrentes, é realmente necessário ter “A Foto” para atrair a atenção das pessoas.