22/12/2023 às 15:34 Storytelling Hospitality Travels Hotels

WE PAY FOR MEMORIES NOT ROOMS

246
4min de leitura


We all keep memories of the places we visited during our childhood, adolescence, or even adulthood. The memories, good or bad, remain. If you have been kindly welcomed, with a smile on face, and have been especially cared for, this experience will stay. The opposite is also true, a bad experience will make you feel bad and you won't want to hear about the place anymore. In the end it is the experience that counts.

It may seem abstract at first, but we must change our mindset: We are not selling rooms at all, we are selling experiences! And it is these magical moments that will remain in guests' memories for a lifetime. And it is for these memories that travellers are paying for.

But how to sell intangible experiences before they are experienced? How should hospitality marketing managers act? What strategies can be implemented for people to recognize that such amazing memories can be built by visiting their city, knowing a special beach, nature park, and staying at their hotel rather than elsewhere? The answer is: creating expectation about the experience.

How do you create positive expectations by making travellers want to knowledge one experience and not another?

At this point, building and presenting a solid photographic narrative of the tourist destination is still the best and most effective marketing strategy.

The tourism industry, and more particularly the hospitality industry, needs to use photographic narratives to appeal to its audience by building those positive expectations about a particular destination (and then, of course, meeting those expectations by delivering unique experiences and helping to create incredible memories for tourists).

Photographic narrative means professional photos and videos (no wonder there is an Oscar for “best photography” because a movie is nothing more than a sequence of photos that together create a moving narrative).

Therefore, the need to choose good photography professionals, who understand and have identification with the tourism segment and have experience with hospitality, gastronomy, architecture, urban landscapes and natural biomes photography.

Remember that we live today immersed in a true ocean of images on the internet, which is the main way used by tourists and travellers from all over the world to choose their vacation destinations, tours, honeymoons, etc. It is necessary to create a consistent narrative of images to draw attention and arouse the desire to know a certain destination, to live a certain experience and to stay in a specific hotel. (see the post Far Beyond Photography we publish on Bravo's blog!).

Keep in mind that 60% or more of the entire purchase decision for a product or service is determined by photographs (more than price).

So important to a company's marketing, is it really worth treating photography investment in an amateur way?


PAGAMOS POR MEMÓRIAS E NÃO APENAS POR QUARTOS

Todos nós guardamos lembranças em relação a lugares que visitamos, seja durante a infância, adolescência ou mesmo na vida adulta. As memórias, boas ou ruins, permanecem. Se você foi recebido de forma atenciosa, com um sorriso no rosto, e sentiu-se cuidado de uma forma especial, essa experiência ficará marcada. O contrário também é verdadeiro, uma experiência ruim fará você pegar “bode” pelo lugar e não vai conseguir nem mesmo ouvir falar do local, sem se sentir mal. No fim é a experiência que conta.

Pode parecer abstrato em um primeiro momento, mas temos que mudar nossa forma de pensar: Não estamos absolutamente vendendo quartos, estamos vendendo experiências! E são esses momentos mágicos que permanecerão na memória dos hóspedes por toda a vida. E é por essa construção de memórias que os viajantes estão pagando.

Mas como vender experiências intangíveis antes de serem vivenciadas? Como os gestores de marketing das empresas de hotelaria devem agir? Quais estratégias podem ser implementadas para que as pessoas reconheçam que tais memórias incríveis possam ser construídas visitando a sua cidade, conhecendo determinada praia, parque natural e se hospedando em seu hotel e não em outro local? A resposta é: criando expectativa sobre uma determinada experiência.

E como criar expectativas positivas, fazendo com que os viajantes desejem vivenciar uma determinada experiência e não outra?

Nesse ponto, construir e apresentar uma sólida narrativa fotográfica do destino turístico ainda é a melhor e mais eficaz estratégia de marketing.

A indústria de turismo e mais particularmente o segmento de hospitality precisa utilizar-se das narrativas fotográficas para atrair seu público por meio da construção dessas expectativas positivas sobre um determinado destino (e depois, claro, atender tais expectativas entregando experiências únicas e ajudando a criar memórias incríveis aos turistas).

Por narrativa fotográfica entenda-se fotos e vídeos profissionais (não é à toa que existe um Oscar para melhor “fotografia”, pois um filme nada mais é do que uma sequência de fotos que juntas criam uma narrativa em movimento).

Por isso a necessidade da escolha de bons profissionais de fotografia, que entendam e possuam identificação com o segmento de turismo e tenham experiência com fotografias de hotelaria, gastronomia, arquitetura, paisagens urbanas e biomas naturais.

Pense que vivemos hoje imersos em um verdadeiro oceano de imagens na internet, que é o principal meio usado por turistas e viajantes do mundo todo para escolher seus destinos de férias, passeios, luas-de-mel, etc. É preciso criar uma narrativa consistente de imagens para chamar a atenção e despertar o desejo de conhecer um determinado destino, para vivenciar uma certa experiência e estar em um estabelecimento específico. (veja o post Muito Além da Fotografia que publicamos no blog da Bravo!).

Lembre-se de que 60% ou mais de toda a decisão de compra de um produto ou serviço é determinada por meio de fotografias (mais do que o preço).

Com tanta importância para o marketing de uma empresa, vale mesmo a pena tratar o investimento em fotografia de forma amadora?

22 Dez 2023

WE PAY FOR MEMORIES NOT ROOMS

Comentar
Facebook
WhatsApp
LinkedIn
Twitter
Copiar URL

Tags

fotografia hospitality hotelaria hotels marketing photography tourism travels turismo viagem

You may also like

22 de Dez de 2023

Hospitality: a new bloom

27 de Dez de 2023

“Não sei, só sei que foi assim” 

22 de Dez de 2023

How to transform your hotel's marketing strategy using storytelling

Request a quote!
Logo do Whatsapp