Imagem capa - Como tirar fotos de produtos com qualidade usando seu smartphone por Bravo! Fotografia
Fotografia de ProdutoFotografia ComercialStillConsultoria

Como tirar fotos de produtos com qualidade usando seu smartphone

Então você decidiu abrir uma loja virtual e está super animado(a) para começar a vender seus produtos online? Você com certeza conhece bem seus produtos e sabe que são de excelente qualidade, bonitos, úteis, estilosos, confortáveis, enfim, tudo de bom! Mas como você pode ter certeza de que eles realmente irão se destacar no seu site, nas páginas do marketplace e ainda nos filtros das redes sociais?


Nesse momento é importante ter em mente que é a qualidade da fotografia que fará a diferença. Quando o visitante navega pela Internet, a atenção dele é imediatamente atraída para aqueles produtos que tem imagens mais atrativas. As fotos dos produtos funcionam como uma vitrine de loja, em que o consumidor para, admira e decide se irá entrar. Prova disso é que a fotografia representa 60% do poder de decisão de compra de um produto ou serviço, tendo um papel até mais importante do que o preço.


Mas não se preocupe. Você não precisa se tornar um fotógrafo profissional para tirar fotos decentes de seus produtos. Neste artigo, você aprenderá, passo a passo, como tirar boas fotos usando apenas seu smartphone, um pouco de luz natural e um bom aplicativo de tratamento de fotos.


1. Limpe a lente

Pode parecer bobagem, mas se as fotos de seu smartphone parecem desfocadas, pode ser a lente manchada. A lente suja pode desorientar os sensores do dispositivo, que não conseguirão focar ou expor adequadamente os produtos que você quer fotografar.


2. Use um espaço com boa iluminação

Luz é o elemento chave da fotografia. A iluminação pode ser sua melhor amiga ou pior inimiga. Encontre um cômodo com uma janela bem iluminada. Quanto maior a janela, mais luz natural você terá para dar vida ao seu produto. Tirar fotos do produto bem próximo de uma janela cria uma luz mais forte e sombras mais escuras. Posicionar os objetos um pouco mais longe da fonte de luz (no caso a janela) fornecerá sombras mais claras e modeladoras.


Você deve usar rebatedores para evitar sombras indesejadas, uma placa de isopor ou cartolina branca podem funcionar bem, posicione do lado oposto à luz para preenchimento do produto e formação do contorno. Não fotografe na contraluz. Aproveite as primeiras horas do dia ou o horário próximo ao pôr do sol, são detalhes que garantem efeitos melhores.


Evite luz muito forte, ela pode tornar as cores muito saturadas e destacar as pequenas falhas em seu produto - detalhes que as pessoas normalmente não identificariam a olho nu.


3. Escolha um bom smartphone

Você pode usar qualquer smartphone com uma boa câmera, mas tente ter um modelo mais recente com uma câmera de pelo menos 12 megapixels. As câmeras dos celulares estão evoluindo muito, hoje em dia você consegue tirar fotos quase profissionais com elas.


4. Use um mini tripé

Os mini tripés são um bom investimento, eles reduzem o movimento da câmera e ajudam a padronizar os ângulos das fotos e o estilo de sua linha de produtos.


5. Evite dar zoom. 

Ao invés disso tente aproximar seu smartphone do objeto a ser fotografado. O zoom tira a qualidade dos pixels da foto e pode trazer ‘ruídos de nitidez' na imagem, caso seja necessário usar a foto em um tamanho maior.


6. Configure seu pano de fundo

Coloque um fundo branco atrás do produto para dar às suas fotografias uma aparência limpa, consistente e sem distrações. Você pode usar uma cartolina branca posicionada sobre uma mesa ou cadeira para objetos pequenos. Para isso, apoie ela de forma que faça uma curva suave improvisando um fundo infinito e prenda com fita crepe ou pregador de roupa. 


                                                                                                               Foto ilustrativa. Fonte: Pixelz.com


Existe ainda o fotobox (estúdio portátil para fotos still), elas ajudam bastante, pois já vem com iluminação apropriada, fundos de diversas cores e não custam muito. Ele pode ser também construído de forma caseira com caixas de papelão, mas lembre-se que você precisará pensar no sistema de iluminação adequado ao 'projeto'.



Se for tirar fotos de objetos maiores, tente usar um fundo neutro de forma a isolar o produto. Outra dica: veja qual fundo vende melhor os atributos de seu produto. Use também a opção de desfocar o fundo, mantendo o produto totalmente focado, essa técnica também ajuda a chamar a atenção para a sua peça.




7. Melhores ângulos

Quando falamos de tirar fotos de produtos para o seu site de comércio eletrônico, existem alguns ângulos que funcionam melhor do que outros. Oferecer diferentes perspectivas do seu produto a um comprador também pode ajudar na decisão de compra e a responder perguntas que ele eventualmente tenha, e que não esteja devidamente explicado na descrição do produto.


Lembre-se de testar diferentes ângulos também com o refletor para encontrar o equilíbrio certo entre sombras e iluminação.


Você pode também incluir fotos em close de seus produtos. Eles permitem capturar detalhes que mostram a qualidade do material, como impressão, tecido, textura etc., e destacar elementos específicos do seu produto que os clientes gostariam de sentir se estivessem em uma loja de varejo.


Cuidado ao fotografar joias, bijuterias, cerâmicas, vidros, metais e outras superfícies reflexivas. Certifique-se que o ambiente não está sendo refletido nas peças, ok?



Existem cinco ângulos de câmera que você deve testar em sua sessão de fotos:


Nível dos olhos: Este ângulo mostra o produto como você veria de frente. Muitos produtos são apresentados e ficam bem nesse ângulo.


Ângulo de 45°: Mostra o produto como se você estivesse olhando para ele em uma prateleira baixa ou sentado em uma mesa. Por isso funciona bem para pratos de comida de aplicativos de delivery.



Ângulo baixo: Mostra o produto como se você estivesse olhando para ele em uma prateleira localizada acima de seu ângulo de visão. Algumas empresas de cosméticos e de objetos de decoração adotam esse ângulo para apresentar seus produtos. Também funciona bem para alguns tipos de comida, como hambúrgueres e cervejas artesanais. 


Olho de pássaro: Essa visualização mostra o produto como se você estivesse exatamente em cima dele. Funciona bem para bijuterias e pizzas, por exemplo.


Inclinado: Mostra o produto de um lado específico. Calçados ficam bem nesse ângulo.


8. Escala

Pela fotografia, muitas vezes, é difícil ter uma noção exata do tamanho de um determinado produto. Mas você também pode transmitir uma noção de escala para facilitar a decisão de seu cliente. Basta usar algum objeto comum ao lado de seu produto, se a sua loja vende bolsas por exemplo, você pode colocar uma agenda, uma maçã ou uma caneta ao lado dela.


Outra questão importante: se for postar suas fotos em marketplaces, verifique antes as especificações de imagens de cada um. Pode haver um tamanho mínimo para as imagens (em pixels ou de cm para base x altura), exigência de um determinado tipo de fundo, ou formato de arquivo (jpeg, png, tiff, etc.). Veja o exemplo da Amazon:



9. Entenda a câmera de seu smartphone

Procure entender todos os recursos que seu celular oferece.

Configure o equilíbrio de branco (botão WB) de acordo com a temperatura da luz (luz mais fria – azulada ou mais quentes – amareladas).


Verifique o botão Exposure, ele te ajuda a usar a exposição de forma correta, o que irá valorizar seu produto.


Verifique o foco. Toque no botão Foco e, em seguida, toque em seu produto para que a câmera saiba onde ela deve focalizar corretamente. Um objeto mal focado com certeza não terá o mesmo sucesso que um produto com foco perfeito.


Certifique-se de travar as configurações da câmera. Depois de ajustar essas configurações, toque em cada uma novamente para conseguir esse travamento. Isso fará com que a câmera pare de ajustar automaticamente as configurações enquanto você tira novas fotos.

Agora você está pronto para começar a fotografar!


10. Depois de tirar suas fotos, é hora de começar a editar as fotos no seu telefone!

Como editar fotos de produtos em um smartphone:

A ideia de editar fotos pode parecer intimidante, mas na verdade é até bem fácil.

Escolha um aplicativo de fotografia de produto. Vá para a App Store em seu telefone e baixe um aplicativo de edição para fotos de produtos. Alguns fotógrafos de smartphones preferem aplicativos móveis como Lightroom, Photoshop Express ou Snapseed, outros preferem software de edição de fotos para desktop.


Abra seu aplicativo de edição. Escolha a imagem que deseja (a maioria das imagens precisa de um pequeno ajuste para realmente brilhar).


Use o aplicativo para fazer algumas edições básicas. Isso inclui brilho, contraste, nitidez, realces, sombras e equilíbrio de branco. Não seja tentado por filtros, bordas, tons e supersaturação. Seu objetivo é fazer com que seu produto tenha uma aparência incrível e se destaque, mas tente fazer com que pareça o mais próximo possível do produto na vida real. A pior coisa é receber reclamações ou devoluções de seus clientes dizendo que o produto não se parece em nada com as fotos feitas.


11. Melhores aplicativos para fotografia de produto

Escolher os aplicativos de edição certos é uma parte importante do domínio da fotografia de produtos com um smartphone. Muitos vêm com um editor no aplicativo, mas existem muitos aplicativos terceirizados que fornecem tudo que você precisa para fazer seu produto se destacar.


Lightroom: Disponível para iOS e Android – Existem opções grátis e paga. É da Adobe, líder na produção de softwares de edição de imagens. Possui muitos recursos para edição.


Photoshop Express: Disponível para iOS, Android e Windows– Existem opções grátis e paga. Também da Adobe e traz muitos recursos.


Snapseed: Disponível para iOS e Android – Existe a versão gratuita. Bastante ágil nas edições.


VSCO: Disponível para iOS e Android – Existe a versão gratuita.


Pixlr: versão gratuita para iOS e Android e com funcionalidades semelhantes às do Photoshop.


Câmera +: Disponível para: iOS – Não existe versão gratuita. Mais que um editor de fotos, é uma câmera que possibilita recursos muito próximos as câmeras profissionais (DSLR).


Polarr: Disponível para iOS, Android, Mac e Windows. Existem opções gratuita e paga. Possibilita um tratamento de nível profissional nas fotos. Versão só em inglês.


Existem outras opções, aproveite o Google e o Youtube e assista alguns tutoriais específicos do modelo de seu smartphone, existem inúmeros recursos que podem te ajudar.


12. Linguagem ou Estilo fotográfico

Por último lembre-se de manter um mesmo padrão de luz, fundo e tratamento de imagem para suas fotos. Ao fazer isso você começa a criar um estilo visual, uma linguagem que dará unidade para a apresentação de seus produtos junto aos seus clientes. Por mais tentador que seja mudar tudo a cada foto, você precisa se preocupar em dar consistência às imagens da sua empresa.


Foque nessas dicas e boas vendas!